quarta-feira, março 11, 2009

Bacen corta juros em 150 pontos base: baaaiiiita alívio

Juros nominais voltam ao patamar de um ano atrás. Alguém entende como o Bacen subiu juros em 2008 "para combater a inflação" em meio a maior crise capitalista desde a Grande Depressão, com o mundo inteiro lutando contra a deflação?
A pujança da economia brasileira é fantástica, resiste até a esse pessoal. Fosse na Europa algum país com juros nesse nível, ninguém consumia ou investia nada. O pessoal iria poupar toda a renda para aproveitar esse ganho.
Para aqueles que acham que o Bacen "nos protegeu" com essas atitudes infundadas e que, por isso, podemos baixar juros agora, fica a seguinte historinha contada pelo colega Pedro Almeida:
"Uma vez, perguntaram a um louco o motivo pelo qual martelava a própria cabeça. Ao que ele respondeu: é que quando páro, isso me dá um baaaaiiiita alívio!"
Ou seja a única vantagem do aumento dos juros pelo Bacen foi poder baixar. Mas que custou um dinheirão em transferência de receita fiscal aos aplicadores nos bancos, isso custou.
Moral da história: são loucos mas não rasgam dinheiro. O deles.

3 comentários:

LORENZO ZALUSKI disse...

A reducao da taxa, nada a mais que o necessario para a economia. A duvida que fica é porque o Bacen demorou tanto para baixar, e porque baixou tao pouco. Isso mostra uma cautela, mas tambem deixa transparecer que o ritmo de desaceleracao economica continuara aparecendo nos Indices futuros. Acho que a medida foi modesta, porque a reducao do PIB foi muito alta.

LORENZO ZALUSKI disse...

A reducao da taxa, nada a mais que o necessario para a economia. A duvida que fica é porque o Bacen demorou tanto para baixar, e porque baixou tao pouco. Isso mostra uma cautela, mas tambem deixa transparecer que o ritmo de desaceleracao economica continuara aparecendo nos Indices futuros. Acho que a medida foi modesta, porque a reducao do PIB foi muito alta.

André Scherer disse...

Obrigado pelo comentário Lorenzo. Me parece modesta a redução pois o patamar de onde ela vem é muito elevado. Afinal, por que aumentaram os juros em 2008 em plena crise? Achavam mesmo que o Brasil estava imune a crise? Se achavam, erraram. Mas é impressionante que isso tenha passado na cabeça desse pessoal...